Informação sobre hérnia, causas, sintomas e tratamento da hérnia do disco lombar, inguinal, perineal, epigástica, obturadora umbilical e outras,, identificando o seu diagnóstico, com dicas que permitam a cada pessoa promover a sua prevenção.


segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Hérnia epigástrica

Hérnias epigástricas são hérnias que ocorrem na região epigástrica, nas proximidades da linha xifo-umbilical.
A linha alba é mais larga acima do umbigo devido a divergência dos músculos retos abdominais e nesta área, não  exclusivamente, encontra-se perfurações para que ramos de nervos e vasos brotem para alcançar a pele.
Alguns deste orifícios, quando maiores, podem dar passagem à gordura extra-peritoneal, e assim a hérnia epigástrica.
As hérnias epigástricas são pouco frequentes, e existe ainda um grande número de casos não diagnosticados porque muitos paciente não procuram o médico pelo fato da hérnia ser pequena e assintomática. Quanto a faixa etária, só pode ser dito que são raras em crianças.
A maioria dos pacientes são totalmente assintomáticos e a hérnia  é um achado cirúrgico ocasional. Por outro lado, os pacientes que experimentam alguma sintomatologia manifestam quadro típico de obstrução intestinal.
O quadro de obstrução intestinal pode ser parcial ou total, e a sintomatologia predominante são náuseas, vômitos e dor abdominal difusa.
O diagnóstico clínico etiológico é praticamente impossível, visto a raridade destas afecções. O diagnóstico sindrômico de obstrução intestinal só terá a sua etiologia esclarecida na mesa de operação. O raio X simples ou contrastado de abdome mostrará no máximo a obstrução intestinal total ou parcial.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL